Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banco de notícias > Realidade Virtual do IEN: trabalhos inovadores
Início do conteúdo da página

Realidade Virtual do IEN: trabalhos inovadores

O grupo de pesquisa em Realidade Virtual (RV) do IEN vem realizando trabalhos inovadores e tem sido um dos mais atuantes do Instituto. Suas atividades se concentram hoje em aplicações à medicina nuclear e à proteção física de instalações, além de divulgação científica.

Medicina Nuclear

Em Medicina Nuclear, o grupo de RV faz uma dupla abordagem, que busca ajudar tanto os profissionais de radiofármacia como os pacientes. A primeira visa ao treinamento em radioproteção desses profissionais. A manipulação de radiofármacos implica exposição à radiação ionizante, o que, se as normas de radioproteção não forem obedecidas, acarreta em risco para o profissional e o paciente. Assim, é importante capacitar o trabalhador para os procedimentos corretos com ajuda de uma simulação de RV.

Da mesma forma, com um sistema de RV, o paciente pode, previamente, ser melhor orientado e familiarizado com as recomendações de radioproteção (por exemplo, evitar que o excedente das suas refeições durante o tratamento fique radioativo e precise ser armazenado como rejeito até a radiação se extinguir). Assim, podem ser maximizados os benefícios do tratamento, minimizada a contaminação do quarto terapêutico e reduzido o stress do paciente (pois ele já terá vivido virtualmente a experiência pela qual irá passar).

Com respeito a este assunto, foram defendidas duas dissertações de mestrado na pós-graduação do IEN, uma sobre procedimentos de radioproteção em radiofarmácias de serviços de medicina nuclear (da aluna Juliane Carvalho) e a outra sobre sistemas de orientação de pacientes quanto aos procedimentos de radioproteção na terapia com iodo-131 (do aluno Sérgio Mendonça). Estas dissertações estão norteando o desenvolvimento dos programas de treinamento dos profissionais de radiofarmácia e dos pacientes.

 

Com as simulações de RV, será possível treinar os profissionais da área de saúde. À esquerda, sala de radioterapia, ainda sem as figuras humanas.

 

Proteção Física

Proteção Física é o conjunto de medidas necessário para evitar invasão, sabotagem, roubo ou qualquer outro tipo de dano às instalações, equipamentos e pessoal. O trabalho recente do grupo de RV do IEN em Proteção Física está baseado na tese de doutorado do servidor Eugenio Marins, intitulada “Realidade Virtual Aplicada à Proteção Física de Instalações Nucleares” e defendida no Programa de Engenharia Civil da COPPE. Nela, Marins mostrou que um sistema em RV pode ser uma ferramenta auxiliar no planejamento da Proteção Física e treinamento do
pessoal responsável.

 

É possível fazer simulações que contribuam para a formulação de estratégias de proteção física de uma instalação. Na figura, em frente ao depósito de rejeitos do IEN, um guarda se defronta com um intruso.

 

Atualmente, além de Marins (responsável pelo laboratório), participam do grupo de RV do IEN Antônio Carlos Mól (que é o líder), e os colaboradores Jaime Carvalho (programador), Jefferson Lima e Paulo Oliveira (designers).

Reportagem de Henrique Davidovich (Setor de Comunicação Social do IEN)

registrado em:
Fim do conteúdo da página